Sete CoWorkings mais legais do mundo

O primeiro espaço Coworking foi montado nos Estados Unidos em 2005. O local, chamado Hat Factory, surgiu em um apartamento de três profissionais autônomos. A proposta era abrigar quem estivesse precisando de um espaço para trabalhar, onde o aluguel não fosse caríssimo e houvesse pessoas interessantes para trocar ideias na pausa para o cafezinho.

A partir daí, o CoWorking virou tendência em todo o mundo. Além do rateio das despesas de empresas ou profissionais que compartilham o espaço, a possibilidade de negócios e parcerias serem fechadas com seu vizinho de mesa também são pontos fortes desse estilo de jornada de trabalho. No caso de freelancers, o coworking pode beneficiar o processo criativo, que acaba sobrecarregado ou disperso no home office. Funciona bem para quem quer criar uma rotina e se livrar do expediente prolongado de quando se trabalha em casa.

Inspiração e criatividade do ambiente CoWorking

Pensando no profissional moderno, o CoWorking é projetado para estimular a criatividade e produtividade. Por isso, além de mesas, cadeiras e conexão wi-fi, o local deve oferecer opções para quem quer desocupar a mente em um dia estressante de trabalho.

Separamos uma lista de 7 CoWorkings ao redor do mundo que surpreendem pela originalidade. Talvez algum deles faça você procurar por opções em sua cidade:

1. Orbe – Recife (Brasil)

orbe

Com piso de taco e redes espalhadas por todos os lados, o Orbe é perfeito para quem quer se sentir em casa. Instalado em um escritório que ocupa um andar inteiro de um prédio em uma avenida de Recife, o local é decorado de móveis rústicos, fotos do acervo do museu da cidade do Recife e uma biblioteca colaborativa.

O Orbe também oferece lockers e programação de cursos e shows.

2. BoxJelly – Honolulu (Hawaii)

happydesk

O espaço do BoxJelly é amplo, clean e abriga os mais diferentes negócios e eventos. Recentemente, uma das empresas a adotar o local é a Morning Glass Coffee, um pop-up bar de espresso, sanduiches e doces de receita própria.

O BoxJelly também oferece aos usuários pranchas e aulas de surfe, perfeitos para tirar o cansaço do dia.

3. Gangplank – Arizona (USA)

gangplank

Esse CoWorking oferece cursos não tradicionais para quem quer expandir os conhecimentos em tecnologia, ciências, artes, música e comunicação. Aqui, coworker não paga para utilizar o espaço, mas deve colaborar para que ele se mantenha.

Além de dois escritórios no Arizona, o Gangplank está também na Virginia e em Ontario.

4) ESDIP – Berlim (Alemanha)

Rafa_at_esdip_coworking_berlin1

Instalado em uma antiga fábrica, esse CoWorking é o espelho de Berlim: mil ideias borbulhando em uma caçarola de cultura e irreverência.

A proposta do espaço é um ambiente que o coworker possa relaxar, sem encarar uma multidão no seu espaço de trabalho. Conta com uma área de jogos e uma geladeira sempre cheia de cervejas.

Além do CoWorking, o ESDIP é uma conhecida escola de arte, frequentada por ilustradores, fotógrafos, cartunistas, escritores e artistas.

5) Fishburners – Sydney (Austrália)

fishbr.jpg

O Fishburners é um ambiente patrocinado por empresas como o Google. Por isso, não tem fim lucrativos. Adotado por empresas de programação e startups de TI, o local oferece café e cerveja a vontade, descontos em serviços, eventos,workshops e internet de 500 mbps.

6) Urban Station – Buenos Aires (Argentina)

urban-station

Aproveitando bastante a luz do dia, o Urban Station mistura o ambiente de cafeteria com o de escritório. Além de uma ampla área externa, o local oferece café da manhã incluso na diária e bicicleta para os coworkers aproveitarem as ruas de Palermo.

Esse CoWorking também dispõe de um “Criativity Room”, ideal para prática de pilates ou técnicas de relaxamento, um microcinema e um terraço de tirar o fôlego.

7) B41 – São Paulo (Brasil)

mid1

A beleza e praticidade do espaço surpreende no B41. Localizado no Jardim Europa, é perfeito para quem precisa de um local para receber clientes ou fazer reuniões. O local ainda conta com uma área externa para eventos, estúdio fotográfico e um lounge café para os coworkers.

Se você gostou da proposta do CoWorking mas nenhuma das opções é em sua cidade, não se preocupe. A cada dia novos espaços surgem por todos o país. Para encontrá-los, soluções como o Deskovery podem ajudar. Lá você filtra os coworkings por localização e orçamento.

E aí, o que achou dos locais acima? E se você trabalha, como é a experiência? Tem algum cantinho favorito? Compartilhe conosco no comentário abaixo!

Pedro Renan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s